Sávio Barbosa - CBF declara apoio a Adelcio Torres na federação paraense.

Categorias

Mais Lidas

CBF declara apoio a Adelcio Torres na federação paraense.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu que o ex-presidente da entidade permanecerá no cargo até novas eleições na Federação Paraense de Futebol (FPF).

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se posicionou sobre a disputa judicial que ocorre na Federação Paraense de Futebol (FPF). Diante deste imbróglio, o atual presidente da entidade, Adelcio Torres, deve permanecer no comando da federação até que ocorra uma nova eleição.

De acordo com o ofício, enviado por Luiz Felipe Santoro, Diretor Jurídico da CBF, a entidade apoia a avaliação do processo a partir de uma “disposição estatutária”, ou seja, interna.

“Não tendo ocorrido eleições no último mês de dezembro por ordem judicial e não tendo havido, consequentemente, a regular eleição dos sucessores, somos levados a concluir que o mandato eletivo da atual diretoria fica automaticamente prorrogado, por disposição estatutária expressa, até que haja a investidura dos futuros eleitos”, informa o parecer.

Parecer jurídico da da CBF
Parecer jurídico da da CBF | Foto: CBF

ENTENDA O CASO

Quando Adelcio Torres assumiu a FPF, após o Coronel Nunes ir para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ele foi reeleito em 2017. Diante disso, a Liga Marapaniense de Desporto resolveu entrar com a impugnação da chapa do atual presidente, alegando que ele não poderia se candidatar novamente, por causa que seria a segunda recondução, o que não é permitido pelo estatuto. 

Em 27 de dezembro, a desembargadora Eva do Amaral determinou a suspeição das eleições. A decisão atendeu um pedido da Liga Atlética de Castanhal em conjunto com a chapa “Futebol de Primeira”, liderada por Paulo Romano, que concorre ao pleito.