Sávio Barbosa - Comunidade libanesa no Pará comemora independência.

Categorias

Mais Lidas

Comunidade libanesa no Pará comemora independência.

Na noite desta quinta-feira (13), a Federação Libanesa do Pará realizou mais um tradicional jantar que comemorou este ano os 75 anos da independência do Líbano. A festa reuniu, mais uma vez, membros da comunidade árabe e sírio-libanesa do Estado, e pessoas sem ascendência, mas que apreciam a cultura do Oriente Médio, e foi realizada no Monte Líbano.

Na ocasião, o Secretário Municipal de Administração de Ananindeua e Presidente Estadual do Partido AVANTE no Pará, Zezinho Lima, foi agraciado com o troféu “Cedro de Ouro”, concedido pela Federação Libanesa do Estado. “Fiquei muito emocionado e feliz com a homenagem, só de ser convidado para esse evento que reuni diversos amigos e figuras ilustres já ficaria muito feliz, ser agraciado então é uma honra, muito obrigado mesmo”. concluiu Zezinho.

“O cedro é uma árvore simbólica para os libaneses, porque é muito resistente, aguenta tempestades e fenômenos naturais e resiste, assim como o povo do Líbano”, explicou o presidente do Monte Líbano, Makram Said. O empresário e Presidente do Grupo RBA, Jader Barbalho Filho, Vereador de Belém, Pablo Farah; Deputada Federal, Elcione Zahluth Barbalho, foram também homenageados com o “Cedro de Ouro”.

O Líbano tornou-se um país independente em 22 de novembro de 1943, após décadas de domínio francês. Para os libaneses, comemorar a Independência significa uma oportunidade de reflexão sobre o desenvolvimento do país e sobre o espírito de conciliação do povo. “Todos os libaneses chegaram aqui no Pará com quase nada, e essa terra nos acolheu, nos alimentou, nos formou, e é por isso que sempre vamos retribuir tudo isso a este povo, amo o libano, amo o Pará e amo o Brasil”, comentou o presidente da Federação, Joel Bitar.