Sávio Barbosa - Helder defende processo eleitoral e urna eletrônica.

Categorias

Mais Lidas

Helder defende processo eleitoral e urna eletrônica.

Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem atacado o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Luís Roberto Barroso, e denunciado -sem apresentar provas- a existência de uma suposta fraude no sistema eleitoral brasileiro. O presidente defende um modelo de voto impresso -que ele diz ser “auditável” e “democrático”.

Atualmente, tramita no Congresso uma PEC nesse sentido, mas uma articulação de diversos partidos, inclusive de aliados do Planalto, criou uma frente para derrubar a proposta.

Nesta quarta-feira (04), três governadores -entre eles um aliado de Bolsonaro- criticaram a proposta bolsonarista do voto impresso e reafirmaram sua confiança no sistema de votação eletrônico supervisionado pelo TSE.

Assista o vídeo:

Os chefes dos governos de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), e do Pará, Helder Barbalho (MDB), participaram na manhã desta quarta de um evento sobre meio ambiente promovido pela Embaixada do Reino Unido, em Brasília.

Após reunião com o presidente da Conferência da ONU sobre o Clima (COP-26), Alok Sharma, os governadores foram questionados por jornalistas sobre a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do voto impresso que tramita no Congresso e sobre a escalada de declarações golpistas de Bolsonaro.

“Devemos cada vez mais apostar na relação harmônica entre os Poderes; seja o Poder Executivo nacional, sejam os Poderes Executivos locais, junto ao Poder Judiciário, ao Poder Legislativo, ao Ministério Público, e todos buscarem a harmonia. O Brasil deve ter foco nos seus verdadeiros adversários: o combate ao desemprego, à desigualdade social, a busca pela justiça em favor da população e o combate á pandemia para que viremos a página e consigamos construir um futuro melhor”, disse Helder.