Sávio Barbosa - Obras de derrocagem do Pedral do Lourenço já tem previsão de início para este primeiro semestre.

Categorias

Mais Lidas

Obras de derrocagem do Pedral do Lourenço já tem previsão de início para este primeiro semestre.

O secretário de Estado de Transportes, Pádua Andrade, apresentará amanhã, segunda-feira (05) o projeto das obras de dragagem e derrocamento da via navegável do rio Tocantins, o chamado Pedral do Lourenço, durante audiência pública que ocorrerá às 9h, no auditório do Ministério Público do Estado do Pará, em Marabá, no Sudeste do Pará. O titular da Setran vai esclarecer à sociedade civil os benefícios da obra para a economia do Estado do Pará. Será a primeira de uma série de audiências que acontecerão antes do início das obras, previstas para julho deste ano.

O evento será presidido pela Promotora de Justiça do Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo, Josélia Leontina de Barro Lopes. Segundo o secretário, a obra do Pedral do Lourenço é uma obra inédita em se faltando de derrocagem de rios na Amazônia e consiste basicamente em desgastar os pedrais que impedem a navegação de embarcações cargueiras durante os meses de setembro a novembro, período em que o rio fica mais raso, sendo uma obra de grande envergadura, e que depende de muitos pontos para que, efetivamente, seja executada Pádua destaca que a obra do Pedral do Lourenço ganhou importantes avanços com a atuação de Helder Barbalho, governador do Estado, na época ministro da Integração Nacional.

“Ele que participou de diversas reuniões com o Dnit, cobrando celeridade no processo, inclusive as formas de agilizar o processo de licenciamento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que contou com a participação de representantes do governo e da empresa responsável pelas obras”, finalizou.