Sávio Barbosa - Zenaldo é repudiado após chamar engenheiro de 'profissional de araque'.

Categorias

Mais Lidas

Zenaldo é repudiado após chamar engenheiro de ‘profissional de araque’.

Um comentário feito pelo prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, tem causado revolta nas redes sociais. Durante uma entrevista realizada na última quarta-feira (4), no programa Bom Dia Pará, da TV Liberal, onde o gestor falou sobre os custos das obras de recapeamento da avenida Almirante Barroso, o prefeito usou o termo “profissional de araque” para se referir a um engenheiro civil que questionou os valores gastos durante o serviço, o equivalente a cerca de R$13 milhões de reais. 

A ação foi duramente criticada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará (CREA-PA). Em nota publicada em uma rede social, o órgão afirma que “repudia toda e qualquer atitude ofensiva e desrespeitosa aos profissionais pertencentes ao sistema CONFEA/CREA/MÚTUA, a exemplo da entrevista concedida pelo Prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, ao se posicionar a respeito dos questionamentos feitos sobre os custos de recapeamento da Av. Almirante Barroso”.

O profissional a quem o gestor se referiu é o engenheiro civil Fabrício de Oliveira Correa, que exerce a profissão desde 2003, quando se registrou no CREA-PA. Ainda na nota, o CREA ressalta que o engenheiro tem o “direito de ser tratado com respeito e ética por qualquer cidadão, autoridade pública ou não, seja no exercício de sua atribuição profissional, ou seja no exercício de sua cidadania, quanto aos custos das obras públicas, em especial quando se tratar de valores tão vultuosos”.

O conselho ainda afirmou que “manifesta-se no sentido de não admitir qualquer atitude desrespeitosa à sua classe profissional, que presta serviço tão essencial e imprescindíveis à sociedade e atuará sempre no sentido de defender a dignidade dos profissionais que abarcam o seu sistema, pugnando pela necessidade de retratação do Exmo. Sr. prefeito de Belém”.