Sávio Barbosa - Zenaldo e seus adoradores de Pã no desespero de uma gestão desastrosa.

Categorias

Mais Lidas

Zenaldo e seus adoradores de Pã no desespero de uma gestão desastrosa.

O Prefeito tucano Zenaldo Coutinho e seus partidários estão sendo apelidados de adoradores de Pã, Deus da Natureza na mitologia grega, dada a capacidade inigualável de transferirem suas responsabilidades para os imprevistos do céu e da terra. Depois do alcaide mais uma vez afirmar que o caos e os prejuízos registrados na cidade eram de responsabilidade dos percalços da natureza impiedosa, ontem foi a vez do seu capacho e Presidente da CMB, Mauro Freitas, ultrapassar todos os limites do deboche com a população de Belém.

Enquanto a cidade mais uma vez afundava, o Presidente da Câmara Municipal teve a pachorra de afirmar, durante a sessão que discutiu os problemas acusados pelas enchentes, que a solução para o problema seria convocar o São Pedro para explicar sobre os motivos do aumento das chuvas.

Assista o vídeo:

Na falta de argumentos para justificar a gestão desastrosa do chefe, Freitas ainda criticou o perfil @belemtransito, de utilidade pública, que orienta seguidores e informa sobre problemas no trânsito da capital, a maioria causado pela má gestão da prefeitura, afirmando que o perfil era político, vinculado ao PSOL.

Mas o Prefeito “naturalista” não parou por aí.. Ainda desesperado por não saber como tirar a cidade debaixo d’água, apareceu em suas redes sociais reclamando de uma suposta ausência da Defesa Civil Estadual no tal “Comitê de Crise”, criado pela prefeitura na sede da Guarda Municipal para tentar contar o caos. Logo em seguida o Coronel Hayman, comandante Geral do Corpo de Bombeiros e coordenador estadual da Defesa Civil, postou um vídeo do mesmo local mostrando que o Estado estava sim junto do município.

Assista o vídeo:

O coronel Haymam respondeu em cima da bucha: “A Defesa Civil Estadual jamais deixará a população de Belém desassistida.. Jamais estaríamos ausentes do chamamento de qualquer município seja do partido A ou B. Nosso dever é atender a toda a população do Estado. Prefeito de Belém, sinta-se abraçado e não use a nossa corporação para outras situações…”. Zenaldo poderia ter dormindo ontem sem essa. É muita incompetência pra um prefeito só.