Sávio Barbosa - A herança maldita na Educação deixada pelo governo tucano.

Categorias

Mais Lidas

A herança maldita na Educação deixada pelo governo tucano.

A Secretária de Estado de Educação, Leila Freire fez um diagnóstico do atual quadro da área durante sessão especial realizada na Assembleia Legislativa. A titular da Seduc apresentou números preocupantes sobre a crise herdada da educação pública no Estado. Segundo ela, foram canceladas no Estado 160 obras de quadra por não ter sido cumprido o Plano de Ação Articulada (PAR), que não saiu do papel.

“Eram 329 obras do PAR, dessas 160 canceladas, as demais paralisadas”, relatou. Ainda de acordo com a secretária, há 262 escolas da rede estadual em situação de caos, em colapso, como a Escola Técnica em Redenção entregue há 12 anos. “E tudo que funcionou foi um empréstimo à Universidade Privada”.

Outros pontos graves que aprofundam a crise no sistema educacional do Estado foram informados, como a existência de mais de oito mil funcionários para serem aposentados. Foi ressaltado ainda a descoberta de mais de 50 mil alunos que estão nas escolas no regime de dependência, e que não constam no censo escolar. “Isso gera uma perda de R$ 180 milhões por ano, de não repasse da União para o Estado”, pontuou a secretária Leila Freire.