Sávio Barbosa - Cestas de alimentos são entregues a moradores de bairros atendidos pelo programa TerPaz.

Categorias

Mais Lidas

Cestas de alimentos são entregues a moradores de bairros atendidos pelo programa TerPaz.

Na manhã desta quinta-feira (13), foram entregues mais de 500 cestas básicas para famílias dos bairros  Bengui, Guamá, Jurunas, em Belém; e Icuí Guajará, em Ananindeua, dentro da segunda etapa de distribuição para moradores atendidos pelo Programa Territórios Pela Paz (TerPaz). Por meio de uma ação integrada entre a Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac), Fundação ParáPaz e Ouvidoria Geral do Estado que, desde abril, vem garantindo alimentação aos usuários já pré-cadastrados do TerPaz, durante três meses seguidos (abril, maio e junho) na Região Metropolitana de Belém.

A entrega contou com a participação da primeira-dama do Estado, Daniela Barbalho, que falou sobre o período difícil em curso. ” A intenção é, cada vez, reduzir mais os impactos da pandemia, trazer um acalento, mostrar que o Estado está com os braços estendidos para se fazer presente o máximo possível em todos os territórios’’, afirmou a primeira dama do Estado.

Os alimentos foram adquiridos através da doação de 1 milhão de dólares (R$ 5,38 milhões) da Open Society Foundations, rede internacional de filantropia que apoia financeiramente grupos da sociedade civil em todo o mundo. A entidade fez a doação ao TerPaz para investimentos em ações de enfrentamento à Covid-19, amenizando os impactos da pandemia à população em vulnerabilidade.

O presidente da Fundação ParáPaz, Alberto Teixeira, falou sobre a importância da ação. “Queremos deixar claro a nossa preocupação e responsabilidade com a população. É um ato simples, mas tenho total convicção que é extremamente significativo para as famílias e não estamos aqui apenas trazendo palavras, mas sim atitude”, afirmou o presidente.

Distribuição – Todas as cestas básicas devem ser entregues até junho aos moradores cadastrados obedecendo um cronograma com dias e horários alternados, evitando aglomeração, de forma segura, rápida e organizada, seguindo os protocolos de segurança sanitária e exigindo o uso de máscara.

Informações Agência Pará