Sávio Barbosa - Jatene segue com seu plano de vingança pelo poder.

Categorias

Mais Lidas

Jatene segue com seu plano de vingança pelo poder.

Jatene e suas conversas de violeiro pescador. A história se repete. Todos lembram que em 2020, Jatene dizia pelos quatro cantos de que seria candidato a prefeito de Belém e no final deixou as viúvas jatenistas todas no fogo e Zenaldo teve que lançar o inexpressivo Thiago Araújo candidato de outro partido.

Jatene hoje enfrenta um problema sério, sua ilegibilidade e que lhe impede de ser candidato a qualquer cargo público. A esperança dele é só uma, se livrar desse empecilho judicialmente. Aí vem a ilusão das viúvas jatenistas que ele seria a esperança de voltarem ao poder, ele ser candidato ao governo. Sendo que nem os tucanos concordam com essa ideia. Sabendo disso, já pularam fora e já declararam apoio à base de Helder Barbalho e compor sua reeleição.

Jatene é rancoroso e vingativo, até agora não engoliu a vexatória derrota no ninho tucano e nas eleições de 2018 quando teve que lançar o inexpressivo Márcio Miranda devido toda uma atravanca de alguns aliados e tucanos que colocaram a frente dos seus planos. Agora, ele vem com a história de ser candidato ao governo, conversa fiada.

Jatene sabe da força que Helder Barbalho tem hoje. Helder tem a maioria dos deputados, partidos e prefeitos e o maior grupo político, inclusive os próprios tucanos. Seria uma derrota vergonhosa para Jatene. E como um bom jogador, ele joga, e coloca seu plano de vingança em prática. A vítima da vez é Helenilson Pontes, seu ex-vice-governador e Manoel Pioneiro. Anotem, se Jatene sair mesmo do PSDB ele vai para o PSD e trabalhar para ser senador tentar atrapalhar a vida de Pioneiro e colocar o laranja do Helenilson no fogo pra ser derrotado pelo Helder. Jatene é raivoso e rancoroso e sua vingança nunca foi externa e sim dentro do ninho e de seus ex-aliados.