Sávio Barbosa - Juntos e misturados

Categorias

Mais Lidas

Juntos e misturados

Essa semana, não se fala de outra coisa nos bastidores da política do Pará. Que o vice-governador Zequinha Marinho, teria fechado com Jatene visando a uma renúncia conjunta nos próximos meses. Isso dará ao Márcio Miranda a condição de disputar o governo sentado na cadeira de governador. Claro, que nessa conjuntura de pré-convenções é todo mundo conversando com todo mundo e, no fim, muita coisa vai ficar somente por possibilidades não realizadas. Mas se diz a tremenda reviravolta no posicionamento do vice-governador, é que Jatene usou um poderoso argumento de convencê-lo. Claro, tudo até então não passa de muita especulações. Mas que os acordos já foram fechados, com as seguintes vagas consolidadas, de que Zequinha sairá ao senado, Jatene a deputado estadual e ser o próximo Presidente da Alepa, e Márcio ao governador.

Mas ontem (01), no aniversário do Prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro, estiveram todos juntos, no clima apaziguado e de união, Zequinha, Márcio e Pioneiro, principal prejudicado pelo governador em não ser o escolhido de ser o sucessor. E que agitou o ninho tucano, dividido eles e até no seu grupo em Ananindeua, incluindo seus vereadores de base aliada que na maioria ainda não aceitaram Márcio como o candidato, alegando a injustiça do governador perante o Prefeito Pioneiro.

Foto: Ontem na missa de ação de graças ao aniversário do Prefeito Pioneiro, Márcio Miranda, Flexa Ribeiro e Zequinha Marinho, juntos.

Mas iremos aguardar, pelo visto, muita surpresas acontecerão depois da folia de carnaval, nas reviravoltas da política paraense.