Sávio Barbosa - Ministério Público vai investigar danos ao patrimônio histórico provocados pela gestão de Zenaldo.

Categorias

Mais Lidas

Ministério Público vai investigar danos ao patrimônio histórico provocados pela gestão de Zenaldo.

Ministério Público do Pará, por meio da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, Patrimônio, Cultura, habitação e Urbanismo de Belém, tornou pública a instauração do Procedimento Preparatório de Investigação para apurar os danos causados ao patrimônio histórico de Belém oriundos de obras realizadas na Av. João Alfredo, provocando soterramento dos paralelepípedos, trilhos dos bondes que compõe a imagem e memória da rua mais antiga de Belém.

No final de seu mandato, o ex-prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB), resolveu soterrar uma parte importante da história de Belém. A Rua João Alfredo, no Centro Comercial de Belém, obra executada pela Prefeitura com verbas federais, cobriu completamente os paralelepípedos e a réplica do trilho, onde o bondinho já circulou por lá em outras épocas, descaracterizando por completo o espaço, que ainda guarda memórias importantes da capital paraense do início do século.

O procedimento foi instaurado no dia 04 de maio de 2021, nº 000003-125/2021-MP/2ªPJ/MA/PC/HU, pelo MPE PA, no uso de suas atribuições conferidas pelo art. 129, inciso III, da Constituição Federal de 1988 e art. 8º, §1º e §2º da Lei Federal nº 7.347, de 24 de julho de 1985.

Por Ponto em Pauta