Sávio Barbosa - O arrego de Jair Bolsonaro.

Categorias

Mais Lidas

O arrego de Jair Bolsonaro.

Na tarde da última quinta-feira Bolsonaro se encontrou com o ex-presidente da República Michel Temer em um almoço, Temer aconselhou o atual presidente parar com as manifestações que tinha seu apoio, com isso Bolsonaro anuncia carta aos manifestantes para por fim ao que ele mesmo começou. Veja:

Declaração à Nação

No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever, como Presidente da República, vir a público para dizer:

1. Nunca tive nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar.

2. Sei que boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo Ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news.

3. Mas na vida pública as pessoas que exercem o poder, não têm o direito de “esticar a corda”, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia.

4. Por isso quero declarar que minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum.

5. Em que pesem suas qualidades como jurista e professor, existem naturais divergências em algumas decisões do Ministro Alexandre de Moraes.

6. Sendo assim, essas questões devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais previsto no Art 5º da Constituição Federal.

7. Reitero meu respeito pelas instituições da República, forças motoras que ajudam a governar o país.

8. Democracia é isso: Executivo, Legislativo e Judiciário trabalhando juntos em favor do povo e todos respeitando a Constituição.

9. Sempre estive disposto a manter diálogo permanente com os demais Poderes pela manutenção da harmonia e independência entre eles.

10. Finalmente, quero registrar e agradecer o extraordinário apoio do povo brasileiro, com quem alinho meus princípios e valores, e conduzo os destinos do nosso Brasil.

DEUS, PÁTRIA, FAMÍLIA

Jair Bolsonaro

Presidente da República federativa do Brasil

Bolsonaro planejou a manifestação ao longo do mês e incentivou a briga entre os três poderes, mas o que Bolsonaro queria com isso? Pensava em dar um golpe? Bolsonaro sempre deixou claro sua postura antidemocrática e a favor do golpe, mas se era essa a intenção seus planos foram por água baixo, afinal a própria base estava dividida, com isso Bolsonaro perdeu apoio.

Outro fator alarmante e que muito desarticulou Bolsonaro e ‘’bolsonaristas’’ foi a inflação, a mais alta em quase 21 anos. A população e os governantes dos estados se opuseram contra o ato ”bolsonarista” que poderia levar o país ainda mais para o buraco uma vez que a economia desacelerou com a paralisação dos caminhoneiros.

Mas por que Bolsonaro estimula briga entre os três poderes e ataca o STF, diretamente Alexandre de Moraes? Alexandre de Moraes é o principal relator do STF em investigação contra Bolsonaro, e no último dia doze de agosto Alexandre de Moraes abre o mais recente inquérito para investigar o Presidente da República pelo vazamento de um documento da Polícia Federal que se refere a uma operação sigilosa.

Bolsonaro em uma transmissão ao vivo feita no dia 4 de agosto fala de um inquérito sigiloso da Polícia federal sobre um ataque ao sistema interno do Tribunal superior Eleitoral (TSE) em 2018, após a essa declaração, Bolsonaro divulga em suas redes sociais um link com detalhes da investigação.

Poucos dias após ao vazamento dessas informações sigilosas o TSE pediu ao supremo apuração sobre o ocorrido, e Alexandre de Moraes atendeu ao pedido do TSE, abriu uma investigação a Bolsonaro e demais participantes da live, para apurar se cometeram o crime, e suspendeu Vitor Campos Delegado da Policia Federal que estava encabeçando pela investigação.

Além dessas investigações envolvendo Bolsonaro pelo Supremo, Alexandre também é relator de outras investigações envolvendo o presidente, como uso de Fake News, investigação aberta em 2019 pelo presidente do supremo, Dias Toffotli, para investigar a divulgação de notícias falsas, Fake News e ameaças ao ministro.

Bolsonaro estar acuado vendo o circo se fechar, pois além das citadas acimas outas investigações lhe causam medo. Quem lembra das “Milicias digitais’’! investigação também encabeçada por Moraes para apuração de possíveis usos de verbas púbica por uma organização criminosa montada para atentar contra a democracia e suas instituições.

Por Pimenta Malagueta