Sávio Barbosa - Prefeitura de Barcarena adere ao selo Unicef edição 2021-2024 e reforça compromisso contra o trabalho infantil.

Categorias

Mais Lidas

Prefeitura de Barcarena adere ao selo Unicef edição 2021-2024 e reforça compromisso contra o trabalho infantil.

O prefeito de Barcarena, Renato Ogawa, assinou nesta segunda-feira (12) o Termo de Adesão ao Selo Unicef edição 2021-2024 e a Carta de Apoio ao Combate do Trabalho Infantil que garantem o fortalecimento das ações a favor dos direitos de crianças e adolescentes.

O ato ocorreu no auditório da Secretaria de Assistência Social (Semas) e contou com a presença da vice-prefeita Cristina Vilaça, das secretárias Francinea Dias (Semas), Eugênia Teles (Saúde), Ivana Ramos (Educação) e do presidente da Câmara, Júnior Ogawa.

Sobre o Termo de Compromisso do Selo Unicef, o prefeito disse que assinou o documento com orgulho. Assinar o termo de adesão e trabalhar para que a gente continue sendo merecedor de ter esse selo é a garantia de que estamos cumprindo com o nosso dever”, disse Ogawa. “Que a gente vai continuar trabalhando firme em favor de nossas crianças e adolescentes”.

Na ocasião o prefeito recebeu também a Coordenadora Estadual da Proteção Social Especial de Média Complexidade, Kleide Andrade, enviada pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) para formalizar o pedido de adesão do município de Barcarena às ações que serão realizadas para garantir os direitos de crianças e adolescentes.

Com a assinatura do prefeito, Barcarena adere à campanha nacional de enfrentamento a um dos maiores problemas sociais ocorridos nos municípios brasileiros. Trabalho infantil é uma grave violação dos direitos fundamentais à vida, à saúde, à educação, ao brincar, ao lazer e à convivência familiar.

O prefeito Renato Ogawa lembrou que a prefeitura de Barcarena já vem atuando há muito tempo contra a exploração da mão de obra infantil e com ações de proteção à infância, manifestando alegria pela parceria com a Seaster. “Tem que ser um trabalho contínuo, não podemos parar”, disse ele. “É necessário que essa rede esteja sempre atenta”.

Renato destacou também a importância da atuação da Secretaria Municipal de Assistência Social, onde os desafios aumentam com o crescente fluxo de novos moradores. “Que através da Semas, a gente possa combater todo e qualquer abuso”, disse.

Informações Ascom/PMB