Sávio Barbosa - 'Se esta ação foi para intimidar, esqueçam', garante Helder após chacina no Guamá.

Categorias

Mais Lidas

‘Se esta ação foi para intimidar, esqueçam’, garante Helder após chacina no Guamá.

O governador Helder Barbalho se reuniu com representantes da seguraça pública do estado, na tarde deste domingo (19), no Palácio do Governo, para avaliar e falar sobre a agilidade nas investigações sobre a chacina ocorrida no bairro do Guamá, também na tarde hoje.

Em um vídeo postado no Twitter, à noite, Helder lamenta o episódio que resultou em 11 mortes e ressaltou que a segurança pública do governo não irá se intimidar. Ele ainda garante que o povo paraense merece e terá dias de paz.

“Não vamos recuar. Se este ocorrido é para intimidar as ações de segurança pública do estado, esqueçam! Vamos continuar firmes, trabalhando para garantir o direito da população em ter paz.

Veja!

Após as mortes e tentativas de homicídios no bairro do Guamá, em Belém, na tarde deste domingo, a Polícia Civil do Pará, garantiu que os trabalhos de pacificação continuarão e serão reforçados tanto no Guamá como no bairro da Terra Firme.
As equipes da Polícia Civil, juntamente com outros órgãos referentes à segurança pública do estado, seguem investigando o crime para levantar informações como o tipo de armamento utilizado, se as vítimas possuiam antecedentes criminais, e outros detalhes.
Ainda de acordo, nenhuma das versões contadas por testemunhas será descartada. Muitas informações estão sendo colhidas para identificar não só os autores, mas as razões deste crime.
Durante a ação criminosa, 11 pessoas foram executadas. São seis mulheres e cinco homens. Há ainda uma vítima que foi baleada e está no hospital. “Nesse momento não podemos dizer se elas posuem antecedentes criminais. Tão logo possamos identificá-los, iremos verificar se possuem antecendentes e envolvimento em práticas criminosas”.
De acordo com informações da Polícia Militar, de 15 a 20 pessoas estavam no bar, na hora do crime. O bar fica na rua passagem Jambu, no bairro Guamá, um dos mais populosos da cidade.
Foto/Fonte: DOL /Agência Pará