Sávio Barbosa - VII Canta Feart da Alepa seleciona os 30 melhores intérpretes para as finais.

Categorias

Mais Lidas

VII Canta Feart da Alepa seleciona os 30 melhores intérpretes para as finais.

A sala VIP da Assembleia Legislativa do Estado do Pará, acostumada a abrigar reuniões, audiências públicas e coletivas de imprensa, foi o cenário de uma audição para selecionar 30 intérpretes musicais. Quarenta e um inscritos, entre servidores da ALEPA e parentes de funcionários, mostraram suas qualidades vocais, interpretação e afinação, perante um júri qualificado e músicos profissionais que produziam as apresentações dos candidatos. As apresentações foram feitas individualmente e foi permitida a entrada de parentes para acompanhar o candidato.

A seleção faz parte da programação do VII Canta Feart (Feira de Artesões dos Servidores da Alepa) que será realizada nos dias 01 e 02 de outubro próximos, no Teatro Gasômetro – Parque da Residência. Nos dois dias os classificados irão se apresentar para um júri especializado e ao público que poderá acompanhar a disputa se levar um quilo de alimento não perecível, que será doado para a Paróquia São Lucas Evangelista, de Ananindeua. Uma passagem aérea Belém – São Luís – Belém será sorteada entre o público presente por dia de evento.

O Canta Feart está sendo reeditado depois de nove anos com uma reestruturação. “Ele reaparece este ano com o objetivo de estimular a criatividade e a musicalidade de servidores e seus parentes, além do que é uma demonstração efetiva de inclusão e envolvimento de servidores e seus parentes”, explicou a presidente do Festival, Rebeca Hesketh, secretária legislativa.
Os vencedores do Festival irão dividir uma premiação de 12 mil reais. O primeiro ganhará o valor de seis mil reais. O segundo, quatro mil, e o terceiro, dois mil reais. Todos os finalistas receberão uma plaqueta por suas participações. Antes da apresentação pública, os finalistas terão a oportunidade de realizar ensaios com a banda base, cedida pela organização do Festival.
“O nível das apresentações foi de boa qualidade, levando em conta a interpretação de músicas conhecidas”, disse o maestro Dedé Borges, à frente do seu órgão. Para Reginaldo Viana, cantor, formado em música pela UFPA, com pós-graduação de ensino de música pela Fundação Carlos Gomes, e responsável pela análise do desempenho vocal dos candidatos, além da afinação, interpretação e qualidade no canto, o candidato precisaria ter “uma boa conduta e coerência com o arranjo musical proposto”.

Entre os candidatos que disputaram a seletiva da ALEPA, por serem filhos de servidores, estavam inclusive participantes do programa global The Voice Kids: Marianne Chiara, de 11 anos e Ruan Andrade, de 13 anos. Duas famílias com três participantes também se apresentaram para a seleção. O resultado da seletiva será comunicado durante a próxima semana.
“Ritmos diversos, clássicos da MPB, samba, pagode, boleros, musica popular paraense, gospel, sertaneja, internacional, vão garantir pluralidade, diversidade e muita sonoridade para o publico que irá acompanhar os dias das finais”, observou Mário Cantuária, músico, violonista e produtor cultural.
Informações/ Fotos: Comunicação Alepa