Sávio Barbosa - Deputado propõe acabar com retaguarda de combate à covid-19 em Belém.

Categorias

Mais Lidas

Deputado propõe acabar com retaguarda de combate à covid-19 em Belém.

Com baixos índices de mortalidade e contaminação, Belém vem apresentando uma estratégia vitoriosa de combate à pandemia, graças ao avanço da vacinação e a uma rede de atenção para uma rápida e efetiva resposta aos casos de covid-19. Garantir leitos e medicamentos para os possíveis contaminados, mas também implementar medidas de prevenção estão entre as ações realizadas pela Prefeitura de Belém, através de sua Secretaria de Saúde.

Mas o deputado estadual, Thiago Araújo, candidato derrotado nas eleições à Prefeitura de Belém, e apoiado pelo ex-prefeito Zenaldo Coutinho, vem sugerindo que toda essa retaguarda de combate à covid-19 seja desmontada, sem apresentar nenhum estudo técnico e científico que justifique tal medida ou que demonstre não haver perigo de uma nova onda da covid-19 no município.

Ainda em março deste ano, quando Belém vivia o pico da 2° onda da covid-19, o deputado votou contra a decretação do estado de calamidade pública no município. Agora, novamente, se volta contra esta medida, que é essencial para as ações que vem sendo realizadas, e para o sucesso do combate à pandemia, mesmo sabendo que todos os gastos são fiscalizados pelo Tribunal de Contas do Municípios e demais órgãos de fiscalização.

Tanto é verdade, que em agosto de 2020, o ex-prefeito Zenaldo Coutinho foi denunciado Ministério Público do Pará pelo crime de improbidade administrativa, por suposta falta de transparência em contratos de dispensa de licitação no valor de mais de R$ 4 milhões . A gestão de Zenaldo também foi denunciada pela Polícia Civil do Pará em suposta fraude na compra de respiradores, em valores de cerca de R$ 750 mil do Fundo Municipal de Saúde. Segundo investigações da PC/PA, a empresa que vendeu os respiradores, inicialmente, vendia lanches e foi se transformando em um conglomerado.

Por Ponto em Pauta