Sávio Barbosa - Polícia Civil faz capacitação a Agentes da Segurança do Pará com participação da SEAP.

Categorias

Mais Lidas

Polícia Civil faz capacitação a Agentes da Segurança do Pará com participação da SEAP.

A Polícia Civil do Pará iniciou nesta manhã de segunda-feira, 13, o Curso “Entrada Tática em Ambiente Confinado, Retenção e Contra-Retenção de Armamento”, coordenado pela Academia de Polícia Civil – ACADEPOL, com a parceria da Coordenadoria de Recursos Especiais – CORE, no auditório Ione Coelho, na Delegacia Geral do Pará. O evento contou com a presença do Delegado-Geral da Polícia Civil, Walter Resende; do Secretário de Administração Penitenciária do Pará – SEAP, Jarbas Vasconcelos; do Coronel Quadro de Oficiais Policiais Militares Sérgio Neves e o Coordenador da Coordenadoria de Recursos Especiais – CORE, Delegado Ricardo do Rosário.

O treinamento tem como objetivo capacitar os policiais e suas equipes no procedimento de conduta de entrada tática em ambiente confinado de alto risco, permitindo-lhe observar possíveis ameaças e como se portar diante delas, desta forma o agente junto a sua equipe procederá com técnica e segurança nas incursões neste tipo de situação. Palestrados pelos Instrutores Paulo Brandão, Lincon Takano e Igor Lopes, que fazem parte da Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil do Distrito Federal.

O Secretário de Administração Penitenciária do Pará, Jarbas Vasconcelos, reconhece a atuação da CORE e o apoio aos policiais da SEAP e demais Instituições: “As capacitações, onde a Coordenadoria está em parceria, possuem uma dinâmica impressionante de ação, de treino e de Operação, e estas qualidades fazem a CORE, hoje, uma das mais importantes Forças Especiais que nós temos no Estado do Pará, no qual a segurança pública pode contar. Nós, da Secretaria de Administração Penitenciária do Pará, ficamos muito alegres por eventos como este, pois a todo momento, estamos contando com o auxílio destes agentes, atuando em conjunto em prol de ações que defendam a seguridade social.” Declara o Secretário da SEAP.

O Delegado-Geral, Walter Resende, ressalta a importância e acessibilidade do evento: “Certamente que esta iniciativa, tanto da CORE, quanto a da ACADEPOL, é mais um ato que a Polícia Civil do Estado do Pará, celebra, visando, acima de tudo, aprimorar as nossas atividades, qualificando os nossos servidores. Este curso, não é restrito à nossa Instituição, pois está aberto a todos os órgãos de segurança, e acessível também a policiais de outros Estados. Agradeço aos superiores que permitiram a vinda dos instrutores e alunos ao Pará, e serem parte desse momento oportuno, adquirindo conhecimentos específicos, de grande importância.” Afirma o Titular da PCPA.

Além dos policiais do Estado do Pará, como os da PCPA (CORE e GRAESP), PMPA (BOPE E GRAESP), diversos Órgãos da Segurança Pública do Brasil, estão participando, tais como a Polícia Civil do Amapá (Delegacia de Capturas), Polícia Civil de Santa Catarina (CORE) e a Polícia Federal (GPI/Pa e Altamira/Pa). Ao total, somam-se vinte e quatro pessoas que fortalecerão seus conhecimentos e técnicas para pôr em prática em suas devidas lotações.

O Coordenador da CORE, Delegado Ricardo do Rosário, enfatiza a relevância da presença dos professores no Pará: “Este treinamento é de suma importância para nós, pois 90% das operações são em ambiente confinado, por isso queríamos trazer os melhores do Brasil nesta matéria. Em 2019, nosso primeiro Curso de Operações Táticas Especiais – COTE, os alunos foram até ao Distrito Federal para receber o treinamento destes, e hoje, temos a oportunidade de trazer eles até nós. Agradeço aos instrutores pela disponibilidade se encaminharem até o nosso Estado e nos dar a honra de conceder os conhecimentos adquiridos, não só pelas técnicas, mas por cada experiência de vida.”

As aulas serão sobre Abertura de Porta e Varredura Primária; Adentramentos tático; Conduta como Ameaças Cooperativas e Não Cooperativas; Critério de Prioridades de Ameaças; Deslocamento e Aproximação do Alvo; Estabelecimento de Links; Formas de Arrombamento e Meios Empregados; Planejamento e Ordens Operacionais; Progressão dentro do Aparelho (Veio Principal e Alternativo); Rescaldo e Retirada do Aparelho Dominado; Retenção e Contra-retenção de Armamento em caso de ataque fortuito; Varredura Secundária e Distribuição de Ameaças, ministradas do dia 13 ao dia 17 deste mês de setembro, as teóricas, na Academia de Polícia Civil do Estado do Pará – ACADEPOL, e as práticas no Batalhão de Operações Especiais-BOPE.

Informações Ascom/PC | Agência Pará