Sávio Barbosa - Prefeito de Belém Edmilson Rodrigues faz um balanço do 1° ano de Governo em entrevista exclusiva ao Blog do Sávio Barbosa.

Categorias

Mais Lidas

Prefeito de Belém Edmilson Rodrigues faz um balanço do 1° ano de Governo em entrevista exclusiva ao Blog do Sávio Barbosa.

O Blog do Sávio Barbosa esteve nesta segunda-feira (27) entrevistando o Prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (PSOL) onde falou sobre o primeiro ano de governo, de muitos projetos como o Bora Belém, que já alcançou mais de 12 mil famílias; do Belém Vacinada, que colocou Belém entre as capitais que mais vacinaram no país; da inédita limpeza dos canais, que está sendo feita pela segunda vez no ano pelo programa Belém Bem Cuidada, e tantas outras ações para reverter o abandono de tantos anos e melhorar a vida das pessoas.

Em 2020 havia dinheiro da união para Todas as prefeituras do Brasil e para os governos estaduais. O Pará recebeu mais 1 bilhão de reais. A prefeitura de Belém recebeu só para a saúde 115 milhões e mais alguns recursos para assistência, na ocasião Edmilson era deputado e ajudou a aprovar o que eles chamam de “orçamento de guerra”, e quando Edmilson Rodrigues entra em 2021 como prefeito esse orçamento já não existia mais e assim teve que usar o dinheiro de recursos próprios que não estavam previstos para o orçamento para poder combater a Covid-19, então foi feito todo o necessário para salvar vidas e com alegria o prefeito diz que exigiu muito investimento porém foi vitorioso.

Ele fala também do decreto que exige a comprovação de vacinação que foi um mecanismo de incentivo para a população procurar os postos de vacinação para serem imunizadas com aumento de 50% da procura o q mostra q foi eficaz o decreto.

O prefeito fala do enfrentamento à COVID-19 que junto à Secretaria de Saúde onde assumiram a administração do hospital Cristo redentor que chegou a receber até uma usina de oxigênio. Com relação à vacinação foram vacinadas mais de 1600 pessoas, cerca de 85% da população de Belém no programa cidade vacinada! Outro programa citado foi o vacimovel que vem sendo de grande valia para complementar a vacinação na cidade de Belém! Outras ações importantes da prefeitura foram com relação à habitação. A prefeitura entregou após 13 anos de obras paradas, dois blocos de apartamentos no portal da Amazônia, benefíciando 15 famílias e o projeto tem continuidade onde serão entregues 64 apartamentos em 2022 e mais 960 obras de unidades foram retomadas e que serão entregues.

Perguntamos ao prefeito quais políticas públicas existem na prefeitura destinado à pesssoas em situação de extrema pobreza em Belém e o prefeito nos contou sobre o programa Bora Belém com mais de 12 mil famílias benefíciadas com um auxílio de até 450 reais e a meta é chegar a 22 mil famílias com a cooperação do Governo do Estado. Também nos contou que junto ao programa Bora Belém existe também o programa Donas de Si coordenado pelo Banco do Povo que já capacitou 150 mulheres de vários bairros de Belém . Mulheres estas que viviam em situação de vulnerabilidades e extremama pobreza hoje estão sendo capacitadas para ingressar no mercado de trabalho e também ações de combate à violência doméstica e de auxílio a mulheres que não tem acesso a absorventes femininos !

Com o crescimento de pessoas em miséria e extrema miséria segundo o IBGE, Belém tinha 22 mil famílias nessa condição, passando até fome, e foi então que decidiram criar um terceiro programa junto ao Bora Belém que é um programa do Banco do Povo, que consiste em liberar microcrédito para essas famílias a juros zero com 6 meses de carência para começar a pagar e 24 meses para a amortização e com isso gerando postos de trabalho e renda combatendo o desemprego.

Outro projeto da prefeitura é o terra da gente que visa a regularização fundiária e devem entregar 4.400 títulos de terra até o final deste ano com a espectativa de entregar cerca de 20 mil títulos até o final da gestão e também o programa “Belém bem cuidada” que realizou inúmeras ações durante o ano como limpeza de todos os canais de Belém, retirada e toneladas de lixo doméstico e de entulhos além da recuperação asfáltica de 277 vias, 924 trechos e 218 quilômetros de redes de drenagem foram desobstruídos. A prefeitura também conseguiu recuperar o recurso do Banco Interamericano de desenvolvimento – BID para o programa de macro drenagem da baía da estrada nova o Promabem prevista pra abril de 2022 onde beneficiarão 243 mil pessoas.

Prefeito também nos fala um pouco sobre a educação onde no começo do ano já aderiu ao projeto “unidade amiga da primeira infância-uapi”, da Unicef. E em Celebração ao centenário de Paulo Freire foi lançado o programa Belém “Alfabetizada, inclusiva, educadora e leitora” que pretende alcançar mais de 11 mil pessoas até 2024. Apartir de 2022 os estudantes da rede municipal irão receber auxílio estudantil de 150 reais para todos os que estiverem devidamente matriculados, 300 reais para os perderam seus responsáveis durante a pandemias 500 reais para o que estão concluindo o ensino médio.

“Belém avançou muito. Quando entramos na gestão em janeiro de 2021 Belém era uma cidade com crise financeira, poucos recursos e com dívidas enormes porém foi um ano de muito trabalho e começamos a tirar Belém desse caos melhorando em todas as áreas mas ainda não é a Belém dos meus sonhos, mas nós temos q entender que isso é uma realidade que tem que ser mudada sem mentir para a população que não há problema quando o problema existe, reconhecer esse problema e tornar esse problema uma prioridade a ser vencida”, disse o Prefeito de Belém.

Edmilson Rodrigues termina o ano com esse sentimento de que conseguiu fazer muito, mas também há muito por fazer e promete que irá trabalhar cada dia mais para dar mais dignidade à população de Belém.

Por Brenda Campelo- Blog do Sávio Barbosa | Fotos: Marcos Barbosa / Comus